Sermão dominical

Imagem relacionada

“Tema de hoje do sermão de um padre na missa do meio-dia: “a cegueira humana e a divina forma de olhar o mundo”. Prestei atenção em cada palavrinha. E se falou sobre Descartes. E Saramago. E tantas outras altas abordagens sobre esse fenômeno tão inserido na condição humana. Como somos cegos. Como somos fracos. Como somos vulneráveis.  Como somos atingidos por falsas verdades a todo momento e não enxergamos por medo ou por desejo o que está ali, latente. O conselho coletivo foi o de depuração das lentes. Mesmo que algo te cause um reflexo doloroso, prefira enxergar os fatos como são e não como desejos de como deveriam ser.  E se acrescentares um pouco de divindade em seus olhares, enxergando o mundo com misericórdia, perdão, indulgência, graça e clemência, o julgamento será menor e a sua austeridade reduzida. E a sua vida, consequentemente, mais leve. Se somos cegos, que DEUS nos encha de contemplações e nos aguce a capacidade de perceber o imperceptível, notar o não existente, constatar a essência, verificar os lados, reparar nas emoções e enxergar o que não pode ser visto.”

(Adriana Araf)

Recomente essa página:
Esta entrada foi publicada em Atitudes e Transformações. Adicione o link permanente aos seus favoritos.