Poema de Mona

Resultado de imagem para seguir em frente

“Não fique aí parado enquanto seu cabelo fica grisalho.

Logo os mares afundarão sua pequena ilha.

Portanto, enquanto ainda há ilusão do tempo, parta para a outra margem.

Não há porque fazer muitas malas. Você não terá condições de colocá-las todas no barco.

Doe todas as suas coleções para enfeitar o mundo.

Leve apenas sementes novas.

Espalhe algumas orações ao vento antes de navegar.

Não tenha medo.

Alguém dos novos caminhos saberá que você está chegando.

Certamente um peixe extra foi salgado”.

(Mona Santacroce)

Recomente essa página:
Esta entrada foi publicada em Espiritualidade e Missão. Adicione o link permanente aos seus favoritos.