…Ou sempre

A se pensar

Movimentos

Eu ri, você riu. Um encontro extraordinário.

Eu chorei. Você não. Um desencontro comum.

(Adriana Araf)

Segundas indesejadas

segundona

Cartas Extraordinárias

Praticamente um compêndio de emoções escritas por pessoas notáveis, Cartas Extraordinárias, organizadas pelo escritor britânico Shaun Usher,  vai requerer seu precioso tempo para serem saboreadas. Adquiri ontem, numa pequena livraria do interior, indicado que foi pela atendente. Ela, estudante de letras, amara a obra e carinhosamente me ofereceu como “um livro que as pessoas deveriam ter em suas estantes para ser lido muitas vezes”. De fato.

Estou na Carta 08, onde um diretor de um hospital fala sobre a existência de um paciente, Joseph Merrick, o Homem Elefante. A carta é incrível, amorosa, doce, dotada de generosidade por quem observa o ser humano em sua essência e não em sua sua casca. Por ela, a obra já é singular. Mas há tantas outras igualmente maravilhosas que, ao final das 125 correspondências, tenho a certeza que sairei melhor por conhecer mais sobre as pessoas, fatos da história e a emoção das palavras que gera manifestações tênues ao leitor, ali, nas linhas revividas. Livro extraordinário.

Para saber mais,  a editora Companhia das Letras, que editou a versão em português, assim a descreveu:

“Do comovente bilhete suicida de Virginia Woolf à receita que a rainha Elizabeth II enviou ao presidente americano Eisenhower; do pedido especial que Fidel Castro, aos catorze anos, faz a Franklin D. Roosevelt à carta em que Gandhi suplica a Hitler que tenha calma; e da bela carta em que Iggy Pop dá conselhos a uma fã atormentada ao genial pedido de emprego de Leonardo da Vinci – Cartas extraordinárias é uma celebração do poder da correspondência escrita, que captura o humor, a seriedade e o brilhantismo que fazem parte da vida de todos nós. Esta coletânea de mais de 125 cartas oferece um olhar inédito sobre os eventos e as pessoas notáveis da nossa história. O livro reproduz a maior parte dos fac-símiles das missivas, com sua transcrição e uma breve contextualização, além de ser ricamente ilustrado com fotografias e documentos. A engenhosa organização de Shaun Usher cria uma experiência de leitura que proporciona muitas descobertas, e cada nova página traz uma bela surpresa para o leitor. Não apenas um deleite literário, mas também um livro-presente inesquecível”

Inclui cartas de: Zelda Fitzgerald, Dostoiévski, Amelia Earhart, Charles Darwin, Albert Einstein, Elvis Presley, Dorothy Parker, John F. Kennedy, Charles Dickens, Katharine Hepburn, Mick Jagger, Steve Martin, Emily Dickinson e muito mais.

(Adriana Araf)


Página 30 de 137« Primeira...1020...2829303132...405060...Última »