Você pode mudar seus sentimentos ao mudar seus pensamentos.

Tenha certeza absoluta disso.

(Adriana Araf)

 

A vida é essa soma de prazeres e de deveres. De um lado, o prazer que, ao ser pouco exercido (ou sentido!), destempera a vida. De outro, o dever,  aquela agenda permanente que nos invoca compromissos e comportamentos.

Quanto prazer há em não cumprir um dever:“Devo fazer, não nego, faço quando puder.”

(Adriana Araf)

 

Às vezes temos que deixar que a vida se encarregue dos detalhes.

E muitas vezes do principal também…

(Adriana Araf)

 

Dormir: mereço.

Acordar: agradeço.

(Adriana Araf)

tedio-em-casa

É de Walter Riso, a delicada leitura:

“O amor saudável é um amor apoiado na dignidade humana, na convicção de que uma boa relação favorece o desenvolvimento do potencial humano do outro e o reafirma. Sim, se amamos o outro, queremos que e le se desenvolva. O amor saudável nasce de um sentimento apreciado e vital, que não se corrompe com facilidade. É fonte de energia, de alegria e de ternura. É desejo, admiração e companhia. E tesão, na fonte, mas não fonte primária. Não é um amor perfeito, mas sim valorizado e estimado, sem pretensões de que o outro seja perfeito e celestial. Amor terreno e justo e que leva em conta as fraquezas do outro. Sim, o ser amado tem fraquezas e isso faz aumentar o nosso compromisso de auxílio. Amor é auxílio. Amor bem calculado, sem desvalorização, cotado na justa medida, próximo, precioso, respeitado, mas não indestrutível. Nenhum amor humano é todo-poderoso, mas amar é exercer humanidade, sentir-se capaz de conviver com as diferenças. O amor saudável não é um amor completo e definitivo de uma vez por todas; ao contrário, precisa ser regado com reinvenções da rotina. O amor saudável é uma bela mistura da razão e da emoção a serviço de uma vida aprazível a dois.”

tumblr_mmblvkL6nq1rmvg8ho1_500


Página 139 de 146« Primeira...102030...137138139140141...Última »