Metáfora do Inverno

Resultado de imagem para silenciando a mente

(…) E começam a cair as folhas amareladas antes seguras num caule verde. O sol ensaia partidas. Há uma espécie de recado natural de que o aquecimento das manhãs já breve não se encontrará mais à disposição. As noites serão mais incômodas e silenciosas, as roupas  grossas descerão do fundo do armário. O silêncio será percebido diante da ausência de falas e de energia. Ressoarão pensamentos. As casas serão fechadas. As fumaças quentes das xícaras de chá irão se misturar ao ar impostamente frio. Faltará humor. Sobrarão vazios. (…)

Adriana Araf

Recomente essa página:
Esta entrada foi publicada em Coisas da Vida. Adicione o link permanente aos seus favoritos.