Mãe todo dia, mesmo que os nossos dias fiquem sem mães

Imagem relacionada

(…) o lenço da minha mãe me protegeu a garganta e me impediu de dizer o que se deve calar e me deu coragem de falar quando não podemos ficar em silêncio. Quando meu corpo se movia, o corpo dela se movia comigo. Quando as minhas pernas andavam, eram as suas pernas caminhando nas minhas (…)

(Isabela Figueiredo, Terra, in Mães que Tudo)

Recomente essa página:
Esta entrada foi publicada em Capa do Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.