Leitura da hora

Imagem relacionada

Lendo “Outros Jeitos de Usar a Boca“, da jovem Rupi Kaur. Leitura rápida, fácil. Forte e delicada ao mesmo tempo. Crua.

Linda manifestação na página 179, como todas aquelas das duzentas e muitas.

“Quero pedir desculpas a todas as mulheres que descrevi como bonitas
antes dizer inteligentes ou corajosas. Fico triste por ter falado  como se algo tão simples como aquilo que nasceu com você fosse seu maior orgulho, quando seu espírito já despedaçou montanhas. De agora em diante, vou dizer coisas como: você é forte, você é incrível. Não porque eu não te ache bonita, mas porque você é muito mais do que isso.”

Recomente essa página:
Esta entrada foi publicada em Livros que Emocionam. Adicione o link permanente aos seus favoritos.