Gato Bigode

Há tempos encontrei este gato na Asa Norte, em Brasília. Assim: sem comida, miando de dor e magro. Não que eu pegue animais na rua e vá levando pra casa. Mas, este sim. Pronto. Peguei.

Ele hoje está lindo e teve um filho. A cara dele.

Não há nada que o amor não transforme…

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Recomente essa página:
Esta entrada foi publicada em Cenas Inesquecíveis e marcada com a tag . Adicione o link permanente aos seus favoritos.