Frases reflexivas de Agustina Bessa-Luís

Resultado de imagem para agustina bessa luis

“Direi como disse um médico famoso: O ser humano que matava antes com uma lança os leões treme hoje a picada duma mosca. Isto quer dizer alguma coisa angustiante e nós sabemos que a angústia nos mantém em cativeiro. O modo de vida urbano propagou-se à província, o homem levou as suas doenças até ao sertão mais impenetrável, e uma série de maldições pesa sobre a nossa saúde tornada delicada. O sabor do vinho tornou-se venenoso, o sol já não tem o mesmo efeito abrasador e doce na nossa pele; pomos o pé com precaução no solo, desinfectamo-nos antes de dormir e ao acordar.”

.:.

“A busca do êxito fácil provoca grandes fiascos.”

.:.

“A mulher não tem o sentimento de desespero que o homem tem. Porque a mulher completa-se em si mesma, na sua própria criação, como ser que se reproduz e dá vida a outro ser. Portanto, ela não se exprime pela desesperação.”

.:.

“Falar no maravilhoso, hoje em dia, é um risco muito grande. Um risco, não; uma espécie de loucura. Sejamos loucos quando os sensatos falham, e vamos pensando como encarar o maravilhoso.”

.:.

“Desde criança percebi que o medo era o grande mistério. Era o caminho para o poder. Refiro-me à noção de poder que é dada numa família em que o menino está votado a um triunfo de qualquer maneira ( e às vezes exigente demais para as forças que tem), e a menina vive mais na sombra.”

.:.

“A intimidade excessiva desencadeia a hostilidade.”

.:.

“A melhor prova duma real amizade está em evitar os compromissos entre aqueles que se estimam. Ainda que devendo muito aos que muito me louvam, eu não quero ser obrigada pela gratidão. Mas sim grata porque estou com eles,devido a circunstâncias que a todos nós agradam, como um laço mais entre nós, sem constituírem um dever. Eu pretendo dizer da amizade o que Diógenes dizia do dinheiro: que ele o reavia dos seus amigos, mas não o que pedia. Pois aquilo que os outros têm pelo sentimento comum não se pede, é patrimônio comum. Neste caso, a amizade.” 

Recomente essa página:
Esta entrada foi publicada em Livros que Emocionam. Adicione o link permanente aos seus favoritos.