Despedida

Imagem relacionada

“A tua passagem foi vermelha para mim. Ruboresci de ver o vácuo na minha frente. Mas foi rosa para ti. Seu rosto refletia a cor que pensamos que os anjos têm. Seu corpo, calmo, numa mescla de cores claras florescentes, dava um adeus tranquilo, sem rusgas e nem dor. Nenhuma partida é bonita. Nenhuma. Mas, se haveremos todos de passar pelo aceno final, que nos seja dada a graça de ser parecido ao seu: áureo, roseado, seguro, sereno, repleto de sossego e selado por uma missão cumprida sem nada a desejar. Um estou indo com a certeza de mais luz à espera”.

Adriana Araf

Recomente essa página:
Esta entrada foi publicada em Muito Pessoal. Adicione o link permanente aos seus favoritos.