Dentro

Imagem relacionada

“Há tempos da vida da gente que falamos pouco. E o pouco se resume a míseras frases internas, resumidas a uma espécie de auto-comando para não sucumbirmos diante daquilo tudo que verga duramente sobre nós; e parcas frases externas, num ato de sociabilidade obrigatória para evitarmos mais e mais perguntas. De um lado, respostas-padrão para pessoas igualmente padronizadas a escuitar vidas alheias como rotina. De outro, frases soltas, sem rumo, desconexas, subjetivas, ditas ao vento como um tormentoso socorro ao Universo informando que estamos vivos, apesar de.”

Adriana Araf

Recomente essa página:
Esta entrada foi publicada em Capa do Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.