Lendo “Diários de Adriana”, de José Saramago, uma reflexão sobre uma das passagens “Ter não é possuir, pelo simples fato de que podemos ter até aquilo que não desejamos. A posse recai apenas sobre o ter e o que impacta … Continue lendo

O dia de hoje vai ecoar por toda a eternidade. Isso independe de sua vontade. Agora, sua melodia vai depender de suas atitudes e, com o raiar do sol, a partitura da vida é colocada em suas mãos. (Adriana Araf) … Continue lendo

Se quiseres dizer muito, fale pouco. Se quiseres dizer mais, fale menos. Se quiseres falar mais ainda, fique em silêncio, que você transmitirá tudo o que pretendia. O supérfluo verbal centra-se naquilo que foi dito e que não precisava. As … Continue lendo

Quando o mar está revolto, melhor ficar no porto e aguardar a tempestade de emoções passar. Pode até ser que você fique na solidão da praia, mas não é prudente lançar-se ao mar. Fique paciente como a areia, que aguarda … Continue lendo

Seja semelhante às rosas: exale perfume; volte-se para o sol, mantenha seus espinhos em silenciosa defesa, desabrochando em constantes botões (e sonhos são botões em formato diminuto, com potencial de jardim). Rosas são elogiadas pela similitude beleza e delicadeza e, … Continue lendo


Página 37 de 39« Primeira...102030...3536373839