Leveza…

Caminhar, sentir as pernas e o coração pulsar. São coisas simples, sim, eu sei. Todavia, quando tudo isso é tirado de você, constatamos o quanto o simples da vida é o melhor dela. Passada a corda-bamba das provações, sairei hoje, … Continue lendo

Olhar o passado impede novos passos. Ver (reviver) o que já foi significa, muitas vezes, remoer, se culpar e lamentar. O que era importante você já trouxe para o presente, numa espécie de seleção emocional natural e isso até te … Continue lendo

A noite é assim: um convite decoroso e indecoroso ao mesmo tempo. Trabalhamos nela o nosso descanso e, também nela, inflamos nossos desejos. Noites sempre trazem algo de novo, algo revigorante, algo que a nossa alma quer, mas finge que … Continue lendo

Refugie-se e se surpreenda!

Exercitar refúgios. Estava pensando nisso. Que lutamos, esbravejamos, sentimos, decepcionamos, cuspimos, adoecemos, fracassamos, esperamos, amamos e sobrevivemos, isso é completamente normal na vida. Uma vida com tudo certinho, vira “vidinha” e você tende a não fazer parte de nada caso … Continue lendo

Como a Dama da Noite, que seu perfume ocupe o olfato de alguém. E os outros sentidos também…


Página 30 de 37« Primeira...1020...2829303132...Última »