Uma Lágrima de Mulher

Do primeiro romance de Aluísio de Azevedo, Uma Lágrima de Mulher (1880): “A mãe revela em tudo a maternidade, seja ela a mãe de Cristo ou a mãe de um leão: entre a brandura celestial da santa e a ferocidade mundana … Continue lendo

O outono das decisões

“Ainda pior que a convicção do não e a incerteza do talvez é a desilusão de um quase. É o quase que me incomoda, que me entristece, que me mata trazendo tudo que poderia ter sido e não foi. Quem … Continue lendo

Kazuo Ishiguro: Como escrevi “Os Resíduos do Dia”, em 4 semanas

“A jornada de trabalho da maior parte das pessoas é extensa. Mas se o negócio é escrever romances, todos concordam que após quatro ou mais horas escrevendo sem parar, a produtividade cai. Eu sempre comprei essa versão, mas à medida … Continue lendo

Letras Sensíveis

Recebi esse texto cheio de sensibilidade. Adorei. O autor informa que, escrito em 2011 sobre uma Oliveira de 2850 anos que frutifica até hoje, a bela matriz está numa praça de Santa Iria da Azoia, Concelho de Loures, naquele igualmente belo e … Continue lendo

Aprender a ceder para sobreviver

“Aos sonhos, como aos pesadelos, chega sempre a hora da gente acordar. É essencial compreender a realidade, viver de olhos abertos, acolher a simplicidade da vida antes de querer resolver a complexidade do mundo. Cada um de nós tem o … Continue lendo


Página 1 de 3912345...102030...Última »