Alvorada junto a ti

“Quisera eu viver dias mais simples. Quisera eu desfrutar da mais encantadora das simplicidades: você se oferece e eu aceito. Um sim misturado a um outro. Simplificado assim. Nada de porquês alongados, de justificativas cansativas. De quicás. E, como zona … Continue lendo

Meus desejos; seus cabelos

“O meu desejo de hoje é muito simples. Quase banal, quase patético, quase piegas. De tão tolo, parece ingênuo; todavia um pueril que vai me satisfazer. Quero pentear demoradamente os seus cabelos. Sim, camadas de fios deslizando sobre meus dedos por … Continue lendo

Minha paz…

  Estou imobilizado, imoto, estático, inerte, parado, quedo.   Estou calmo, silencioso, tranquilo, sereno. Estou dócil, manso, pacato, pacífico, repousado.   Estou adormecido, quiescente, sossegado.   Estou olhando para você. Você é meu descanso, minha quietude.   Minha paz.      

Quero de ti…

  Quero de ti o que for simples: um abraço suave, um sorriso espontâneo, um beijo caloroso. Quero de ti o que for natural: a mão amiga, um silêncio compreensivo, um choro de emoção. Quero de ti o que for desejado: … Continue lendo

Você partiu, mas não foi embora…

“Eu tenho que reconhecer: você partiu, mas não foi embora. Continua nas minhas roupas, nos meus modos, nos porta-retratos. Dentro de mim. Cada detalhe mostra o quanto estou só, mas dolorosamente acompanhada: ainda faço comida demais, não separei as toalhas … Continue lendo


Página 2 de 41234