Saudade

“Como quando se tira um vestido velho do baú, um vestido que não é para usar, só para olhar. Só para ver como ele era. Depois a gente dobra de novo e guarda mas não se cogita em jogar fora … Continue lendo

Um ano de muitos

Quem foi, não foi. Há pessoas que nunca se vão mesmo indo. E, se tivessem ido sem terem ficado, a tristeza seria maior. Partir não quer dizer ir e não tocar não quer dizer não sentir. Toca-se com saudades, vibrações e recordações. … Continue lendo

Metáfora do Inverno

(…) E começam a cair as folhas amareladas antes seguras num caule verde. O sol ensaia partidas. Há uma espécie de recado natural de que o aquecimento das manhãs já breve não se encontrará mais à disposição. As noites serão … Continue lendo

Orfandade

  “Não há idade para sermos órfãos, mas há tempo esticado para vivermos esse estado de faltas, de ausências. Ontem foi sol, hoje chuva. Mas não há mais o calor. A orfandade é dor permanente e indiscutível. Olha-se dos lados … Continue lendo

Tu és livre, criatura!

Escreve aí: “Eu sou livre!”. Só para lembrar. Tu bem sabes, mas não custa repetir. Amar não é ter posse sobre ninguém. Quando te sentires escravizar, manda às favas! Assim, simples, direto e com toda a força. Fecha teus olhos, … Continue lendo


Página 1 de 1112345...10...Última »