Uma passagem

(…) a cena era limpa. O mar, algumas ondas, dois barcos e um vento fresco. Sem impedimentos, o ar chegava e saia de meus pulmões por meio de movimentos leves. Minhas roupas não me incomodavam com os sopros marítimos. Calma, … Continue lendo

Doces palavras

“Não foi nada. Está tudo bem. Já passou. Foi melhor assim. Sim, eu acredito. Tinha que acontecer. O passado ficou para trás. O presente é o que interessa. O futuro é preocupação tola. Eu fiz o meu melhor. Eu fiz a … Continue lendo

Uma sutil reflexão

Todos nós desejamos ajudar uns aos outros. Os seres humanos são assim. Desejamos viver para a felicidade do próximo – não para o seu infortúnio. Por que havemos de odiar e desprezar uns aos outros? Neste mundo há espaço para … Continue lendo

Conclusão

Agora, o remédio é partir discretamente, sem palavras, sem lágrimas, sem gestos. De que servem lamentos e protestos, contra o destino? Miguel Torga

Simplicidade

Deveriam decretar o “Dia das Coisas Simples”. Daí o viveríamos como se nada tivesse tanto valor assim. Falaríamos com as pessoas por falar, beberíamos cafés sossegados, escorregaríamos lentamente nossas mãos nas faces amadas. Vestiríamos roupas folgadas e caminharíamos sem perigos na … Continue lendo


Página 3 de 3712345...102030...Última »