Bem assim

 

Resultado de imagem para partidas tristes

“No fundo, no fundo, vão restar poucas certezas, sobretudo a de que nada é certo, a de que nada será levado e a mais infeliz delas: a de que estamos sós. Assim mesmo: sós, totalmente desnudos diante de um mistério divino que não nos permite certezas. Aliás, diante da morte, todas as verdades, conceitos e teorias se evaporam. Vamos para um onde longínquo sem qualquer chance de sermos alcançados. Se partíssemos da morte para avaliar a vida, num retorno oblíquo do final ao começo, talvez o trajeto fosse melhor aproveitado e o elenco de prioridades totalmente revisto por nós para nós mesmos. Diante da finitude, saberíamos desalimentar melhor a nossa falsa ideia de infinidade sensacional”.

(Adriana Araf)

Recomente essa página:
Esta entrada foi publicada em Experiências Sensacionais. Adicione o link permanente aos seus favoritos.