A pipa

Resultado de imagem para pipa e o menino

“Às vezes, para brincar, ele ia para aquele quintal verde, pulando a cerca, embrenhando-se  naquela grama reta que mais parecia um tapete a céu aberto. Sacava seus artesanatos: uma pipa de papel manteiga colada na farinha branca e um lata cheia de linhas amarradas umas à outras. Unidos os pontos, o menino jogava para o céu a sua resposta de felicidade. Quanto mais alta a pipa seguia, maiores eram seus sorrisos. O olhar dele acompanhava o rumo daquela simplória armação de papel. E o vento batia. E as pequenas mãos do menino, com grande destreza, içavam o vento. O menino se divertia com as ondas do ar e com a mágica possibilidade de atravessar as nuvens (…).”

(Adriana Araf)

Recomente essa página:
Esta entrada foi publicada em Capa do Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.